Feeds:
Posts
Comentários

O longa-metragem gaúcho A Última Estrada da Praia – direção de Fabiano de Souza – marca passagem pelas salas de cinema de Porto Alegre e agora ruma ao interior do Rio Grande do Sul. O filme, que já está há 5 semanas em cartaz na capital, chega agora a Caxias do Sul, primeira cidade do interior do estado a exibir a obra, que já acumula 7 prêmios em festivais de cinema pelo Brasil.

O local será a sala Ulysses Geremia (Rua Luiz Antunes, 312) e as sessões acontecem às 18h nos dias 22/10, 23/10, 29/10 e 30/10.

Anúncios

Rumo ao Canadá

Com 7 prêmios no currículo, A Última Estrada da Praia estreia este mês no circuito internacional. O filme foi selecionado para participar do 40º Festival du Nouveau Cinéma em Montreal, Canadá. Com programação de 12 a 23 de outubro, a edição mantém a premissa de quatro décadas: valorizar novas tendências e práticas no audiovisual, ampliando a visibilidade de filmes do circuito independente. No International Panorama, o longa-metragem terá sessão no dia 23/10, às 21h.

 

A produção gaúcha A Última Estrada da Praia encerra a participação no 2º FestCine Maracanaú – Festival de Cinema Digital e Novas Mídias, que ocorreu no início de outubro, no Ceará. O longa-metragem, exibido no dia 07 de outubro, conquistou a Menção Honrosa. O diretor, Fabiano de Souza, esteve presente no festival, realizado na Região Metropolitana de Fortaleza.

Ainda este mês, A Última Estrada da Praia estreará no circuito internacional. O filme foi selecionado para participar do 40º Festival du Nouveau Cinéma em Montreal, Canadá.

Em Porto Alegre, o filme pode ser conferido no CineBancários. Os horários das sessões serão os seguintes: de 11 a 16/10, às 17h; de 18 a 23/10, às 19h.

Na Trilha da Estrada

A Última Estrada da Praia segue para a 3ª semana nos cinemas e agora entra em cartaz na Casa de Cultura Mário Quintana. E tem mais uma sessão comentada do filme vindo aí: é nessa sexta-feira, 30/09, na Sala Eduardo Hirtz da Cinemateca Paulo Amorim (Rua dos Andradas, 736). Dessa vez, é especialmente dedicada à trilha sonora da produção. O debate ocorre após a exibição do filme na sessão das 19h.

Arthur de Faria – responsável pela trilha sonora de A Última Estrada da Praia – falará sobre a construção da música título, videoclipe e de demais trabalhos realizados. Participa também o músico e mestrando em cinema Leonardo Bomfim, abordando os trinta anos de rock no cinema gaúcho: de Deu pra Ti a A Última Estrada da Praia.

Para embalar o longa-metragem – inspirado no livro O Louco do Cati, de Dyonelio Machado – há umatrilha diversificada. Além da composição original, a produção reúne músicas de artistas consagrados como Arnaldo Antunes, Belchior e os gaúchos Júpiter Maçã e Wander Wildner.

Essa não dá para perder!

A partir de hoje, a Sala Redenção – Cinema Universitário (Av. Paulo Gama, 110 – Campus Central da UFRGS), em parceria com a Okna Produções e Rainer, apresenta Cinema francês: desejo e transgressão e Estradas e Errâncias. Integram as mostras produções que dialogam com o longa-metragem A Última Estrada da Praia e que as que foram fontes inspiradoras desse filme de Fabiano de Souza.

A Sala Redenção apresentará A Última Estrada da Praia em três sessões. No dia 03/10, após a exibição às 19h, haverá um debate com Fabiano de Souza a respeito da realização da obra, suas dificuldades, sucessos e curiosidades. A entrada é franca.

Além da abertura em 03/10, o filme poderá ser conferido nas seguintes datas e horários: 06/10 às 19h; e 14/10 às 19h.

Mais informações sobre as mostras pelo telefone (51) 3308-3933 ou pelos endereços http://www.difusaocultural.ufrgs.br e http://www.salaredencao.com.

Avançando na Estrada

A Última Estrada da Praia segue firme em exibição nos cinemas de Porto Alegre. Agora, o longa-metragem de Fabiano de Souza inclui no currículo recentes seleções para festivais nacionais: a 5ª Mostra CineBH, que acontece no período de 29 de setembro a 04 de outubro deste ano e o 2º FestCine Maracanaú  – Festival de Cinema Digital e Novas Mídias, no Ceará de 04 a 09/10.

Ainda em outubro, o longa-metragem será exibido pela primeira vez no exterior. A ocasião acontece em Montreal, Canadá, no renomado Festival du Nouveau Cinéma.

Até agora, já são 6 prêmios no currículo do filme.

O diretor Fabiano de Souza está satisfeito com os resultados que a produção tem alcançado: “É muito legal ver que o público de Porto Alegre está embarcando na aventura do filme. Ao mesmo tempo, fico feliz porque A Última Estrada da Praia também continua viajando, encontrando plateias de outros sotaques, festivais afora. O nosso mar, o nosso ‘tchê’ e nosso olhar têm sido bem recebidos e espero que seja assim em Belo Horizonte, no Ceará e em Montreal”, afirma.

Os locais de exibição do filme em Porto Alegre na segunda semana em cartaz são: Unibanco Arteplex (Shopping Bourbon Country – Av. Túlio de Rose, 80) e Cine Santander (Rua Sete de Setembro, 1028 – Centro).

Programe-se para ver A Última Estrada da Praia nos cinemas! Nas telas de Porto Alegre a partir dessa sexta-feira, 16/09.

Unibanco Arteplex (Shopping Bourbon Country – Av. Túlio de Rose, 80)

14h e 20h

Cine Santander (Rua Sete de Setembro, 1028 – Centro)

15h 17h 19h

Instituto NT de Cinema e Cultura (Rua Marquês do Pombal, 1111 – Auxiliadora)

21h

SINOPSE

Leo, Norberto e Paula são muito mais que amigos. No início de uma viagem para o litoral, conhecem um estranho que não fala. Os quatro partem num périplo em que o sabor do percurso é vivenciado sem pressa. Enquanto o amigo silencioso se defronta com seus temores, Leo, Norberto e Paula mergulham nas fronteiras de um relacionamento triangular. Nas areias intermináveis das praias gaúchas, eles descobrem que é impossível ser alegre o tempo inteiro. Inspirado em O Louco do Cati de Dyonélio Machado.

Confira o depoimento do diretor Fabiano de Souza!

“A sexta-feira chega com a vontade de entrar na estrada e ir para praia, sentando na melhor cadeira, com vista para a janela. Da poltrona do cinema olharemos para a tela e veremos um pouco do que somos. Nossas amizades, nossos amores e afetos. Todas  aventuras pelo litoral gaúcho. Cerveja e vinho. Leite condensado e sorvete. Cinema e parque de diversões. E tudo vai fazer sentido como quando respiramos depois de um mergulho em baixo d’água. Sob uma onda de quatro anos. Uma buena onda. Na última praia da estrada. Valeu!”